Alunos do município colecionam vitórias em Olimpíadas de Tecnologia, Astronomia e Mostra de foguetes

84

Estudantes da Escola Municipal Antônio Leite, da Secretaria Municipal de Educação (Semed), conquistaram troféus, medalhas de ouro, prata, bronze e honra ao mérito, além da certificação nas competições da Olimpíada Brasileira de Tecnologia (OBT), na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), e na Mostra Brasileira de Foguetes (MOBFOG), com a 49ª Jornada Brasileira de Foguetes.

Na quinta-feira (16), os vencedores das competições foram homenageados e receberam a premiação, no encontro com o secretário de Educação, José Antonio Pereira.

Dentre 64 equipes, participantes de todo o Brasil, o grupo de alunos e técnico ganharam troféus e medalhas de ouro, com os mais de 200 metros alcançados no lançamento dos foguetes, na 49ª Jornada Brasileira de Foguetes. Evento foi realizado em Barra do Piraí, no Rio de Janeiro, entre os dias 06 a 09 de novembro.

Além disso, seis estudantes da unidade de ensino foram medalhistas de bronze na Olimpíada Brasileira de Tecnologia (OBT), em competições com provas e criação do aplicativo Caixa Amiga para celulares, com o objetivo de informar pontos ou instituições que precisam de doações de alimentos. E, na Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA), 750 alunos receberam certificação de desempenho no campeonato, sendo que três deles foram campeões.

O secretário de Educação, José Antonio Pereira, destaca o compromisso da gestão da escola e dos estudantes com desempenho nos eventos. “Vamos continuar investindo na educação, na tecnologia e inovação, pois acreditamos na capacidade, nos estudos e trabalho desenvolvido por nossas crianças e adolescentes. E a missão da rede municipal de ensino é dar oportunidades aos alunos para que eles cresçam”, afirma.

Para o competidor da Jornada Brasileira de Foguetes, Darc Leão Andrade, a disputa foi de conquistas e trocas de aprendizagem. “Garantimos um lançamento do foguete com qualidade, fomos vitoriosos e além de tudo conhecemos participantes de outros estados, o que permitiu nossa interação e troca de conhecimento”, revela