Funcionário é morto por supervisor após tomar café fora do horário no Rio Grande do Sul

Um homem foi morto pelo próprio chefe por ter tomado café fora do horário. O crime aconteceu na segunda-feira, 6, na cidade de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. A informação foi confirmada à Jovem Pan pela Polícia Civil do Rio Grande do Sul. Segundo a corporação, a vítima, identificada como Marcelo Camillo, 36, não tinha antecedentes criminais e foi agredida com uma arma branca. Marcelo chegou a ser levado ao Hospital Unimed de São Leopoldo, mas não resistiu e morreu na unidade. A arma do crime foi apreendida em cima de uma bancada no local e será encaminhada por perícias do Instituto-Geral de Perícias (IGP). O suspeito fugiu a pé do local e segue foragido. A empresa em que Marcelo trabalhava emitiu uma nota lamentando o ocorrido. “A comunidade da Sulcromo está em luto e em choque com esta perda irreparável”, disse a empresa, que também afirmou estar colaborando com as investigações.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui