Bivar promete fazer reforma tributária no início de seu governo se for eleito presidente

O pré-candidato à Presidência da República Luciano Bivar (União-PE) já se prepara para, se eleito, garantir a aprovação da reforma tributária nos primeiros seis meses de um eventual governo. Segundo ele, a solução para a confusão tributária existente no Brasil seria o chamado imposto único. “Esse imposto único vai nos dar, totalmente, uma isenção de quem ganha até cinco salários mínimos, não recolher, não só não pagar imposto de renda como não recolher a contribuição social, porque já está dentro da alíquota do imposto único, que é bem pequena, e vai servir para a gente alavancar a economia. Então, é um projeto de reforma tributária muito interessante. E não é ilusão o que nós estamos vendendo, é algo cientificamente, dentro do histórico econômico do Brasil, perfeitamente cabível”, disse. Segundo o deputado federal, o grande diferencial seria a alteração do recolhimento, que hoje é declaratório, para uma base digital, para que todos paguem e, por isso, todos paguem menos. Existe no Congresso Nacional uma proposta de emenda constitucional do próprio Luciano Bivar que foi apresentada em 2019 tratando desse assunto. Ele disse acreditar que haverá vontade política do governo e do Congresso no caso da vitória dele nas urnas em outubro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui