Croácia entrará na Área Schengen em 2023

6

BRUXELAS, 8 DEZ (ANSA) – A Área Schengen, zona de livre circulação de pessoas e mercadorias na Europa, vai ganhar um novo membro pela primeira vez em mais de 10 anos.  

Trata-se da Croácia, que se juntará a esse espaço sem controle de passaportes a partir de 1º de janeiro de 2023.   

O anúncio foi feito nesta quinta-feira (8) pela presidência rotativa da República Tcheca na União Europeia e aumenta para 27 o número de membros da Área Schengen, que reunirá 23 países do bloco, além de Islândia, Noruega, Suíça e Liechtenstein, último a aderir, em dezembro de 2011.   

Integrante da UE desde 2013, a Croácia também substituirá sua moeda, a kuna, pelo euro a partir de 1º de janeiro de 2023.    “Alcançamos objetivos estratégicos que beneficiarão os cidadãos croatas e nossa economia”, disse o premiê da nação balcânica, Andrej Plenkovic.   

A União Europeia ainda discute o ingresso de Bulgária e Romênia na Área Schengen, ideia apoiada por países como França e Itália, mas que enfrenta a resistência da Áustria, historicamente refratária quando o tema é migração.   

“Estamos muito determinados em fazer com que esses países possam entrar na Área Schengen. Todos os requisitos técnicos foram cumpridos”, disse a comissária de Transportes da UE, Adina Valean. (ANSA).