Candidíase: saiba quais são as principais causas com o Doutor Orcione Guimarães Júnior

6
Dr. Orcione Ferreira Guimarães Júnior
Dr. Orcione Ferreira Guimarães Júnior

Você também já sofreu com aquela coceirinha chata nas partes íntimas? Segundo o Orcione Ferreira Guimarães Júnior, a candidíase é um desequilíbrio que atinge cerca de 70% a 75% de todas as mulheres do mundo. Ou seja, pelo menos uma vez na vida, você, sua filha, ou alguém da sua família vai passar por esse incômodo chamado candidíase. Quer ficar preparada caso isso aconteça? Então leia este artigo até o final:

Mas afinal, o que é candidíase? 

Segundo o doutor Orcione Guimarães Júnior, especialista em saúde da mulher, a candidíase é um fungo que naturalmente habita o organismo feminino. Entretanto, sua presença é em menor quantidade para não afetar a flora vaginal. A coceirinha começa justamente quando há um desequilíbrio na produção desse fungo, aumentando a presença do mesmo, fazendo com que a mulher tenha as famosas crises de corrimento e coceira.

Como acontece esse desequilíbrio?

Agora que você já sabe o que é, é importante saber também por que é que o fungo, chamado de candida albicans, se reproduz a ponto de causar a doença. O doutor Orcione Ferreira Guimarães Júnior reitera que qualquer mulher é vulnerável a ter candidíase, por isso, preste atenção no que pode causar.  

  • Mulheres que tomam antibióticos com frequência 
  • Grávidas 
  • Diabéticas 
  • Deficiências imunológicas 
  • Mulheres que façam o uso de medicamentos com corticóides
  • O uso de calcinhas e biquínis úmidos 
  • E o uso contínuo de ducha vaginal 

Quais são os sintomas da candidíase? 

Se você desconfia que está passando por uma crise de candidíase, o correto é procurar imediatamente um médico que possa te receitar um dos tratamentos mais comuns. Abaixo, veja quais são os principais sintomas dessa doença: 

  • Ardor (principalmente ao urinar);
  • Coceira na região vaginal;
  • Corrimento esbranquiçado;
  • Dor na relação sexual.

Candidíase é considerada com uma Infecção Sexualmente Transmissível (IST)? 

Um dos principais mitos em relação à candidíase é sobre ser uma IST, Infecção Sexualmente Transmissível. Como esclareceu o doutor Orcione Guimarães Júnior, a doença provém do fungo que já está presente na flora vaginal feminina. Então, por esse motivo, a doença não é reconhecida como sendo uma IST. Entretanto, é bom saber que a candidíase pode ser transmitida durante a relação sexual. 

Qual é a dica para evitar ter candidíase? 

Para o doutor Orcione Ferreira Guimarães Júnior, a melhor forma de se proteger contra a proliferação da candida albicans é cuidando do seu bem estar. Se alimente bem, tenha um sono regulado e não deixe de praticar atividades físicas. Quando o seu corpo está bem, não há a possibilidade de desequilíbrios. 

Informações de contato

Site:www.clinicadrorcione.com

Instagram: @drorcionejunior

Whatsapp: https://instabio.cc/3081102EZ2eUm